Uma dúvida honesta que pede uma resposta honesta

A pergunta do título é perfeitamente válida, especialmente se você estiver em dúvida entre investir neste curso ou em outro que tenha, ao menos aparentemente, maior utilidade imediata em sua vida escolar, acadêmica ou profissional.

Escrever é uma habilidade que nós, brasileiros, vamos “empurrando com a barriga”, deixando para mais tarde, até o momento em que precisamos dela com a máxima urgência. Surge um concurso público, uma prova discursiva, o chefe nos pede um relatório, a faculdade pede um trabalho escrito com 30 páginas… Um autêntico pesadelo, principalmente porque é IMPOSSÍVEL aprender a redigir em um mês, que dirá em uma semana ou em prazos ainda menores.

Não, não existem “macetes” ou “truques” para aprender a escrever bem em uma semana. Existem, sim, métodos e exercícios que, praticados com frequência e disciplina suficientes, farão você escrever cada vez melhor a cada mês.

Observe: provavelmente, eu venderia mais se dissesse que tenho o segredo, o truque mágico, a varinha de condão, a pedra filosofal que vai transformar você em um Machado de Assis em uma semana, sem esforço nem estudo, apenas tomando pílulas de ervas naturais antes de dormir…

Só que isso não seria HONESTO!

Um modelo para tomar a melhor decisão para você

Por isso, com toda a honestidade do mundo, vou ensinar a você um pequeno truque que aprendi durante minhas pesquisas para o mestrado em Administração de Empresas. Trata-se de uma adaptação de um modelo teórico rigoroso, empregado por executivos em situações em que eles precisam tomar decisões mais importantes do que a média.

O modelo que você vai aprender a seguir pode ser usado em todas as situações de sua vida, seja no aspecto profissional, acadêmico ou pessoal, em que você precise tomar uma decisão importante. Esse modelo é especialmente útil naquelas decisões em que o prejuízo de uma decisão errada é grande demais para aceitar, sendo absolutamente indispensável escolher conscientemente a melhor opção.

Identifique as opções

O primeiro passo do modelo é definir quais são as suas opções. Por exemplo, você pode estar em dúvida entre fazer ou não o investimento necessário neste curso de redação online. Neste caso, as opções serão “Sim” e “Não”. Caso você esteja em dúvida entre investir neste curso de redação ou em um curso de matemática financeira, as opções serão “Redação” e “Matemática”. Tudo depende da situação: o modelo é flexível o suficiente para comportar qualquer número de opções, sejam elas quais forem.

Responda às perguntas-chaves com fatos

O próximo passo é responder com fatos a algumas perguntas-chaves. Não se apresse em respondê-las: faça uma lista, reúna fatos, pense! É importante ter o máximo de sinceridade nas respostas às questões abaixo!

  • O que eu ganho não sabendo escrever? Pergunte a si mesmo o que você ganha ao viver até hoje sem dominar completamente a técnica da redação em Língua Portuguesa.
  • O que eu deixo de ganhar por não saber escrever? Nesta pergunta, reúna as oportunidades que você não pode aproveitar, as coisas boas que você tem de abrir mão porque se sente inseguro com a qualidade de seu texto.
  • O que eu perco por não saber escrever? Relacione aqui os prejuízos diretos, as coisas ruins que acontecem por não ter confiança em sua técnica de redação
  • O que eu ganharei se aprender a escrever? Faça uma lista das coisas que você poderá realizar quando tiver o benefício de uma boa técnica de redação.
  • O que eu deixarei de ganhar enquanto estiver aprendendo a escrever? Você só poderá deixar de ganhar alguma coisa durante o tempo que o curso durar. Talvez você precise abrir mão de, digamos, 45 minutos de seu tempo livre 2 vezes por semana para estudar as lições, fazer os exercícios e aprender com as correções do professor.
  • O que eu perderei se aprender a escrever? Defina aqui quais são as coisas que você perderá ao aprender a escrever bem. Caso não lhe ocorra nada, escreva nesta seção, em grandes letras maiúsculas, a palavra NADA.

Veja na figura abaixo um gráfico que você pode usar como orientação para incluir suas próprias respostas. Caso deseje imprimi-lo, basta clicar na imagem para fazer o download do documento em formato PDF.

Matriz de decisão: um modelo para ajudar você a tomar decisões difíceis - Clique para fazer download em formato PDF.
Matriz de decisão: um modelo para ajudar você a tomar decisões difíceis – Clique para fazer download em formato PDF.

Ao preencher os campos da matriz de decisão, você terá um mapa completo com todos os seus receios e todas as suas esperanças, com todos prós e todos os contras. Na maior parte das vezes, bastará uma olhada nessa matriz para que salte aos olhos qual é a melhor opção a seguir.

Caso você conclua que a melhor opção é investir no aprimoramento de sua técnica de redação, estarei aqui aguardando sua matrícula!